Search
Close this search box.

.

“Somos o que somos e pronto”, diz Maiara e Maraisa sobre procedimentos estéticos e magreza

Por Pedro Cunha
Especial para o Blog Giro

Mostrando não se importar com as críticas que vem recebendo com o seu emagrecimento, a cantora Maiara, dupla com sua irmã Maraisa, disse, em entrevista à coluna Giro, estar feliz com o corpo. “É engraçado! Se vocês estão acima do peso, o povo critica. Se você está com o corpo mais magro, o povo te critica também. Primeiramente, eu quis emagrecer pela minha saúde. Desde o início meu personal me acompanha a todo momento, eu nunca estive tão feliz comigo mesma. Pela primeira vez me coloquei em primeiro lugar”, contou a cantora.

A dupla, que se apresenta neste sábado (6), no Classic Hall, revelou que emagreceu mais de 20 quilos e fez diversos procedimentos estéticos e que faz questão de falar disso em público. “Não faço nada por imposição da mídia ou da sociedade e não tenho problema nenhum em assumir os procedimentos que fiz. Acho que se a mulher não está satisfeita com algo em seu corpo e pode melhorar, por que não buscar um profissional para isso? Acho importante ser transparente com nosso público, para mostrar que somos de verdade. As pessoas precisam parar de se esconder, somos o que somos e pronto. A tal da internet mostra vidas perfeitas, belezas impecáveis. Isso não é verdade, temos sim nossas vontades e necessidades e não temos porque esconder”, declarou Maraisa.

Desejo de ser mãe

As duas irmãs, de 36 anos, dividem o desejo em comum de ser mãe, mas a correria do dia a dia tem deixado a vontade em segundo plano. “Eu quero muito ser mãe, mas agora com esse tanto de trabalho fica difícil parar pra pensar em maternidade (risos). Deixa Deus tomar conta, na hora certa vai acontecer”, disse Maraisa. “Eu sonho em ser mãe, mas irá acontecer no tempo certo, está nas mãos de Deus”, completou Maiara.

Ainda sobre o tema, Maiara citou também sobre a experiência da maternidade vivida por Marília Mendonça, que também continuou realizando suas apresentações até a chegada do filho. “Acho que é uma sensação que temos que viver, igual a Marília viveu. Toda a sensação que viveu com o Leo foi incrível. Tivemos um grande exemplo de mulher, que é uma leoa mesmo. Cumpriu toda a agenda, foi uma mãezona incrível. Eu tenho uma referência de mulheres maravilhosas que dão conta do recado”.

Projeto “In concert”

No show deste sábado, Maiara e Maraisa apresentam, pela primeira vez em Pernambuco, o projeto “In concert”. O show traz uma orquestra composta somente por mulheres, integradas à banda que acompanha a dupla sertaneja na estrada, e remonta a apresentação do DVD “Ao Vivo em Portugal”, gravado no ano passado.

Para Maraisa, o projeto representa a continuação de um sonho vivido em Portugal. “Queríamos trazer isso para o nosso país, além de mostrar a força feminina e a evolução do ritmo popular. As raízes sertanejas nunca vão deixar de existir em nossas canções, mas estamos sempre buscando um diferencial para trazer uma sonoridade mais moderna para mostrar que podemos ir além, e que a música sertaneja se adapta em cada ambiente”.

Apesar do toque internacional, as irmãs prometem não perder a autenticidade que vem desde o início da carreira. No projeto, elas dão sequência a ideias cultivadas juntamente com Marília Mendonça. Perguntada sobre a superação da morte de Marília, Maraisa é enfática: “Marília é insuperável. A prova disso é esse grande legado que ela deixou, mesmo após sua partida a sua obra está sempre viva presente e atual na vida de cada brasileiro sem dúvida”.

Mulheres no sertanejo

As irmãs fazem parte do feminejo, vertente musical que, ao longo dos últimos anos, vêm liderando a lista das mais ouvidas, antes dominada somente pelos homens. Ao analisar rankings das músicas mais tocadas nas rádios brasileiras, em um intervalo de praticamente 11 anos, o cenário sertanejo não tinha forte participação feminina. Foi apenas em 2016 que Maiara e Maraisa, com o hit “10%”, conseguiram entrar nas mais tocadas na rádio, de onde não saíram mais. Atualmente, as dupla têm cerca de 10 milhões de ouvintes mensais no Spotify.

“Muitas mulheres maravilhosas trouxeram e fixaram a presença feminina na música sertaneja, o que trouxe uma nova perspectiva e sonoridade que fala direto com a mulher moderna. Acho que essa identificação fortaleceu ainda mais o gênero”, avaliou Maiara.

Em suas composições, Maraisa gosta de expor o sentimento feminino, inspirado, em sua maioria, em suas histórias reais. “Muitas das letras que escrevo são inspiradas em histórias reais minhas e da minha irmã. Gosto de expor o sentimento feminino e trazer esse outro lado para as canções, porque cria identificação”.

No dia a dia, Maiara diz estar viciada em audiobooks nos momentos livres e fala do raro tempo que tem tido. “Tempo livre, graças a Deus, é algo raro pra gente, mas aproveito muito para curtir minha casa. Eu amo livros e, de uns tempos pra cá, descobri um negócio chamado audiobook. Estou viciada em audiobooks! Com a correria do nosso dia a dia, é o que salva. É bem mais prático. A todo o momento que consigo estou ouvindo algum livro novo, consigo fazer isso nos camarins, carro, só preciso de um fone e do nada estou em um mundo novo”.

Planos para o futuro

Sobre os planos para o futuro, as sertanejas falam não largar os palcos tão cedo. “Eu não sei nem meu dia de amanhã, mas uma coisa eu sei: estarei ainda com a minha irmã cantando, fazendo show e levando a nossa música para onde o mundo permitir. Até lá, espero ter encontrado alguém bacana e quem sabe estar com uma família formada? Por enquanto, estou focada no presente, o que vai me garantir um futuro legal”, disse Maiara. “Uma coisa é certa: estaremos nos palcos enquanto Deus nos der forças para cantar E eu também espero estar casada e muito bem casada (risos). Talvez também com família, mas está nas mãos de Deus. Vamos ver o que ele vai preparar no momento certo”, finalizou Maraisa.

Compartilhe :
Twitter
LinkedIn
Facebook
WhatsApp
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE

“Somos o que somos e pronto”, diz Maiara e Maraisa sobre procedimentos estéticos e magreza