Search
Close this search box.

.

Paixão de Cristo de Nova Jerusalém estreia no próximo sábado com muitas novidades

Consolidada como uma das principais atrações turísticas durante a Semana Santa, a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém tem conquistado o coração de milhares de espectadores ao longo de décadas e, neste ano, a produção está mais inovadora do que nunca. Os organizadores prometem uma experiência ainda mais imersiva e emocionante, graças aos avanços tecnológicos que possibilitaram a inclusão de novos efeitos especiais para criar momentos de impacto e realismo, transportando o público para os cenários bíblicos da época de Jesus.

Além disso, a cenografia foi aprimorada, trazendo uma atmosfera ainda mais autêntica e grandiosa aos palcos de Nova Jerusalém. “Cada detalhe é cuidadosamente pensado para proporcionar uma experiência visualmente deslumbrante, que promete encantar espectadores de todas as idades”, afirma Robinson Pacheco, coordenador geral do espetáculo. “Cultura não é tudo, mas é quase tudo. Paixão de Cristo de Nova Jerusalém é cultura pura”, acrescenta.

Os figurinos, que tem a coordenação de Marina Pacheco, também receberam uma atenção especial, com designs renovados que combinam autenticidade histórica com uma estética primorosa. Os trajes dos personagens principais ganharam nova estética, ressaltando a beleza e o simbolismo de cada cena.

No elenco principal estão os atores convidados Allan Souza Lima, no papel de Jesus; Mayana Neiva, fazendo Maria e Dalton Vigh, interpretando o governador romano Pôncio Pilatos.

No elenco de atores pernambucanos, as novidades são Eduardo Japiassu, que estreia no papel de Herodes, Fernanda Espíndola, como Herodíades e o veterano José Mário Austregésilo que retorna após 20 anos para interpretar Anás, além de Marina Pacheco no papel de Maria Madalena, Jose Barbosa e Washington Machado como o apóstolo Judas e João, respectivamente.

Ao todo são 50 atores e atrizes, além de cerca de 400 figurantes que têm a direção artística de Lúcio Lombardi e assistência especial de direção de Alberto Brigadeiro.

Nos bastidores, a Paixão agrega ainda cerca de 2 mil profissionais incluindo técnicos, eletricistas, sonoplastas, contrarregras, maquiadores, cabeleireiros, camareiras, entre outros.

Compartilhe :
Twitter
LinkedIn
Facebook
WhatsApp
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE

Paixão de Cristo de Nova Jerusalém estreia no próximo sábado com muitas novidades