Search
Close this search box.

.

“O show tem que continuar”, diz Belo durante apresentação de turnê no Recife

Pedro Cunha
Especial para o Giro

Noite de alegria para quem ama pagode. O grupo Soweto, ícone do gênero musical dos anos 1990, aportou nesse sábado (27), no Classic Hall, com a turnê de comemoração pelos 30 anos. O Recife foi a segunda cidade a receber o show.

Em um momento da apresentação, embalado por canções românticas, Belo afirmou: “O show tem que continuar”. Foi a primeira vez dele na cidade após o fim de seu relacionamento, de 16 anos, com a influenciadora Gracyanne Barbosa.

Ao lado dos antigos colegas de formação do grupo, Criseverton, Claudinho de Oliveira, e de Dado Oliveira, que entrou para o Soweto em 2009, o grupo fez um show de três horas. No setlist, hits como “Momentos”, “Farol das Estrelas”, “Tudo Fica Blue” e “Tempo de Aprender”. Foram feitas também homenagens a outros grupos clássicos do pagode, como “Essa tal liberdade”, do Só pra Contrariar, Exaltasamba, com a música “Telegrama” e Raça Negra com “É tarde demais”. O show também teve homenagens a outros grupos que fizeram história no pagode.

“Não esperava da forma que está sendo, mas estou muito feliz e grato por tudo o que tem acontecido na minha vida. E, agora com essa turnê, que tem sido sucesso em todos os lugares. O pagode de volta ao lugar dele, no topo”, avaliou em entrevista ao Giro.

Compartilhe :
Twitter
LinkedIn
Facebook
WhatsApp
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE

“O show tem que continuar”, diz Belo durante apresentação de turnê no Recife