Search
Close this search box.

.

Nany People traz comédia para sorrir, aplaudir e amar no Recife

ROBSON GOMES
robson.silva@diariodepernambuco.com.br

Multifacetada, Nany People comemora 50 anos de carreira em 2025 – Foto: Moisés Pazianotto/Divulgação

Para uns é sacramento, para outros, tormento. Muitos dizem que é para sempre, mas também pode ser eterno enquanto durar. Não tem jeito: a palavra – e a instituição – casamento sempre despertará sentimentos controversos. Então, por que não rir disso? É o que a atriz Nany People propõe neste domingo (14), com o espetáculo Como Salvar Um Casamento, no Teatro Santa Isabel, no bairro do Recife.

“É um texto divertido que fala sobre o amor. Na verdade, estamos falando sobre relacionamentos”, conta a artista mineira à coluna Giro. A montagem traz de volta um roteiro montado há 15 anos, mas que ganhou uma nova adaptação através de Bruno Motta (também responsável pela direção) e Daniel Alves. “Há 15 anos, a linguagem do texto era muito heteronormativa. Graças ao avanço de leis, de costumes, do modus operandi da sociedade, conseguimos mudar esse perfil. Agora, falamos de duas pessoas: seja mulher e homem, homem e homem, mulher e mulher, guaxinim com tatu-bola… É tudo relacionamento! Pois em todas as comunidades, é fato: quer conhecer alguém, vá pedir um quilo de sal. Porque de perto, ninguém é normal”, brinca.

No espetáculo, Nany encarna uma palestrante e traz outros personagens para mostrar à plateia que o humor está presente em todas as fases da vida a dois, desde o primeiro encontro até a maturidade. E neste monólogo, a estrela quebra a famosa quarta parede para interagir bastante com o público. Tudo para provocar o riso, mas também a reflexão sobre a arte de amar.

“O amor é o sal da vida. Enquanto o mundo está agitado, eu falo que a vida sem amor não tem sabor. O gesto sem amor, não tem valor. A reza sem amor, não tem louvor. Se excitado for, o amor causa furor. E é esse furor que faz você pensar coisas, atravessar oceanos, repensar a sua história, sua trajetória, mudar de rumo”, filosofa a artista de 58 anos, que comemora 50 anos de carreira em 2025.

Multifacetada, atuando nas mais diversas plataformas, como teatro, cinema e televisão, Nany People traz um pouco da sua vivência para os palcos: “Numa relação a dois, é preciso aceitar o outro na sua diferença. Mas a gente tem mania de querer mudar. Por exemplo, na minha vida enquanto pública, ninguém pode me pedir para escolher entre ele ou o teatro. Porque não podemos deixar o outro apagar o que se tem de mais valioso: o seu brilho. Não posso deixar ninguém fazer isso”.

E com estes esquetes, ela promete fazer o público pensar sobre encarar um casamento. “A verdade é que somos parceiros de grandes valsas. Então, eu digo que aproveite a valsa enquanto ela estiver boa. Caso não, mude de ritmo, de parceiro, ou até de gênero, como costumo brincar. Mas você não pode ficar sem dançar. Nesse espetáculo, falamos de amor com humor e autoaceitação. E tem um momento final muito emocionante”, promete a atriz.

Com uma agenda bastante corrida, Nany conta que não terá muito tempo para aproveitar a capital pernambucana, mas guarda consigo a lembrança de um rapaz daqui que conheceu, sem dar maiores detalhes. “Os homens de Pernambuco têm uma coisa diferente que não sei explicar… Quando falam que são desse estado, nossa, tomo gosto fácil! Tem uma pegada, um borogodó”, elabora a artista.

Seja para solteiros, noivos, casados ou divorciados, Como Salvar Um Casamento é uma boa pedida para entender o valor de um relacionamento. “O amor é, realmente, a única coisa que faz nossa existência valer a pena e contamina as pessoas aqui na Terra. Acho que é importante salvar um casamento, e principalmente, não perder nunca a capacidade de amar”, arremata Nany People.

SERVIÇO

Como Salvar um Casamento – com Nany People
Domingo (14), às 18h, no Teatro Santa Isabel.
Ingressos a partir de R$60, à venda online.

Compartilhe :
Twitter
LinkedIn
Facebook
WhatsApp
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE

Nany People traz comédia para sorrir, aplaudir e amar no Recife