Search
Close this search box.

.

Museu do Homem do Nordeste vai receber performance artística premiada

O Museu do Homem do Nordeste (Muhne), equipamento cultural vinculado à Diretoria de Memória, Educação, Cultura e Arte da Fundação Joaquim Nabuco, recebe, no próximo dia 29, às 16h, a performance “Alva Escura”, uma criação dos artistas Dori Nigro e Paulo Pinto.

“Alva Escura” foi premiada em 2022 pela Direção-Geral das Artes, órgão ligado ao Ministério da Cultura da República Portuguesa. Esta será a primeira apresentação em Pernambuco, que já passou pelo Theatro José de Alencar, em Fortaleza, no Ceará.

“Alva Escura” nasce de uma pesquisa contínua dos artistas, iniciada em 2007, sobre anúncios de venda, aluguel e busca de pessoas escravizadas, nos jornais brasileiros do século XIX, e receitas de comidas coloniais que atravessam os tempos. “É uma ação simples e provocadora, que aponta uma herança que recai sobre nós. É um trabalho que confronta passados presentes, desenhamos diálogos de alteridade, onde a palavra é notícia, receita, oração, revelando uma canção imagética que arranha in/consciências”, declaram os artistas.

Compartilhe :
Twitter
LinkedIn
Facebook
WhatsApp
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE

Museu do Homem do Nordeste vai receber performance artística premiada