Search
Close this search box.

.

Junior sobe a temperatura de seu primeiro disco individual em ‘Solo Vol. 2’

ROBSON GOMES
robson.silva@diariodepernambuco.com.br

Novo trabalho de Junior tem 13 faixas e completa primeira parte do álbum lançada no ano passado – Foto: João Kopv/Divulgação

Dizem por aí que a vida começa aos 40. Tal premissa, claro, não cabe a todo mundo. Mas a ele, artisticamente falando, é mais que pertinente. Nascido Durval de Lima Junior, já foi o “Junior da Sandy”, D.L. Junior no cinema, Junior Lima, até que decidiu se apropriar, definitivamente, de seu último nome tão chamado na infância e adolescência para dar início a uma carreira individual. É assim que Junior chega aos 40 anos: seguro de si, com uma extensa trajetória profissional, mas vivendo a experiência de ser iniciante ao lançar o primeiro disco autoral, que marca um retorno à música pop que o consagrou. O álbum intitulado Solo foi dividido em duas partes: a primeira, em outubro do ano passado, e o Vol. 2 veio ao mundo na última quinta-feira (23), nas plataformas digitais.

Em conversa exclusiva com a coluna Giro, o artista revela se algo mudou neste novo trabalho depois da boa receptividade à primeira parte, meses atrás: “O Vol. 2 já estava todo gravado, meio que pré-estabelecido, quando lancei o Vol. 1. O que mudou de lá pra cá foi a ordem das músicas. E isso não tinha rolado antes por questão de logística. Também foi nesse período que acabou rolando a participação da Gloria Groove, mas não foi por conta do Vol.1. Foi uma coisa que aconteceu mais recente, que só deu certo para fazer agora”.

A segunda parte de Solo vem com 13 faixas, sendo dois interlúdios. Seja sozinho ou com parceria, todas têm assinatura de Junior. E a dedicação dele se reflete não só no seu lado intérprete, mas como compositor, multi-instrumentista e produtor musical, ao descrever, por exemplo, como algumas faixas deste álbum nasceram. “Logo no início, quando não fazia a menor ideia de qual seria a sonoridade do meu disco, Abstinência e Armadilha, não nessa ordem, foram duas que fiz primeiro em uma demo. Em Armadilha, 95% da letra saiu numa canetada só. E só depois, algumas palavras eu levei meses para conseguir trocar, substituir, entender. Já Abstinência saiu primeiro com arranjo e melodia, e só foi ganhar letra um ano e meio depois”, narra o músico, que vinha preparando este trabalho desde 2020.

Para o único feat deste álbum de estreia, Junior escalou Gloria Groove em Fome para encorpar mais a faixa que traz elementos de pop, rock e até rap, uma das especialidades da famosa drag queen, que acabou colaborando na composição: “Gosto muito de servir o que a música pede. Acho que um dos grandes lances de se produzir é saber identificar o que aquele som já tem. E para mim, essa pedia muito a participação da Gloria. No fim, gostei do resultado. Ficou muito coerente. Achamos um meio do caminho entre meu som e o som dela e deu muito certo”.

Ao se permitir ser autêntico, vemos em Solo Vol. 2 um artista que deixa palavrão subentendido em Tabu – faixa que traz, inclusive, seu filho Otto, e o sobrinho, Theo, filho de Sandy, fazendo os vocais –, ou que banca o quarentão ranzinza com as redes sociais em Fora da Caixa, ou ainda que fala abertamente sobre sentir tesão em Abstinência. E tudo deságua num desabafo íntimo na tocante Será Que Vai Ser Sempre Assim?, encerrando o álbum com uma reflexão que ele fez em meio à turnê de reencontro com a irmã, que parou o país em 2019.

E porquê, em pleno 2024, vale a pena ouvir o que ele tem a dizer agora? “As pessoas acham que me conhecem, que me ouviram a vida inteira, mas na verdade, totalmente eu mesmo, só estou neste álbum. Sempre estive presente em tudo que fiz, mas não era só eu. Era uma parte de mim ali compondo um todo. Em Solo, o som, as composições, a estética musical, tudo está sendo filtrado e canalizado, passando absolutamente pelo meu peito, minha alma. E se tiver minimamente uma curiosidade de conhecer esse artista, precisa ouvir”, declara este novo Junior que está, enfim, solo.

Veja o clipe de Junior, Seus Planos:

Compartilhe :
Twitter
LinkedIn
Facebook
WhatsApp
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE

Junior sobe a temperatura de seu primeiro disco individual em ‘Solo Vol. 2’