Search
Close this search box.

.

Instalações que decoram o Recife Antigo destacam cores e diversidade carnavalesca

Artista recifense Isabella Galvão fala sobre influências do seu trabalho

A identidade visual da artista Isabella Galvão, inspirada na confluência dos universos dos homenageados Chico Science e Lia de Itamaracá, tomará conta do mergulho que o Recife começa a fazer no carnaval 2024. Ancorada também na obra da cronista visual Djanira, ela traz os traços orgânicos e repletos de texturas diversas para suas cores vivas e intensas nas instalações que irão decorar o Recife Antigo durante o período mais festivo da cidade.

Isabella Galvão é recifense e radicada em São Paulo há dois anos e formada em design de moda, aprofundando-se na direção de arte no ramo publicitário e na tatuagens. A artista visual se traduz em desenho desde sempre, mas abraçou o design de moda em sua formação inicial. Após se aprofundar na direção de arte no ramo publicitário. Convidada pela Prefeitura do Recife para a criação dessas instalações, ela destaca a influência do carnaval e da cultura popular no seu trabalho.

“O convite de estar fazendo essa identidade visual desse ano partiu desse lugar figurativo do meu trabalho. Gosto de dizer que estou contando histórias, trazendo muito forte as figuras humanas e os híbridos entre animais e humanos. É um trabalho que tem um toque surreal, lúdico e que tem tudo a ver com carnaval nessa ludicidade. Como brinco há muitos anos a festa carnavalesca, já trago pro meu repertório as experiências desse universo que eu vejo”, comenta a artista.

“Quando a gente vai falar de Lia, por exemplo, trazemos a textura de renda, de pedra, da praia, de todo aquele imaginário das roupas perto da praia. No caso de Chico, temos o mangue, os instrumentos musicais, a tecnologia, os catadores de carangueijo. Trazemos cores que remetem muito ao verão e à nossa tropicalidade. É um trabalho que não tem compromisso com proporção ou realidade. Nossa ideia é falar de coletivo, de grupos, de festa e diversidade, para que a gente celebre nossa pluralidade”, completa Isabella.

Compartilhe :
Twitter
LinkedIn
Facebook
WhatsApp
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE

Instalações que decoram o Recife Antigo destacam cores e diversidade carnavalesca