Search
Close this search box.

.

Autora pernambucana lança projeto social para ensinar gratuitamente escrita criativa

Patrícia Tenório busca estimular jovens que sonham em se tornar escritores

O projeto Estudos em Escrita Criativa Social, iniciativa concebida e viabilizada pela escritora pernambucana Patricia Tenório, vai oferecer formação gratuita por meio de um curso livre a 20 jovens entre 18 e 26 anos, do Ensino Médio ou universitário (qualquer área), em situação de vulnerabilidade social, residentes no Recife e Região Metropolitana, que tenham interesse em se tornar escritores.

As inscrições para o projeto já estão abertas e o processo é inteiramente on-line. As candidaturas, juntamente com o envio da documentação, podem ser feitas até o dia 9 de fevereiro, por meio de formulário virtual. A lista de selecionados deve ser divulgada até o dia 20 de fevereiro.

O curso é formatado em aulas e oficinas mensais, de fevereiro a dezembro de 2024, ministradas por alguns dos maiores especialistas em Escrita Criativa no Brasil.

Além das aulas, que acontecem em um sábado de cada mês no espaço da Casa Zero, no Bairro do Recife, o projeto também vai oferecer mentorias pedagógicas e acompanhamento psicológico para orientação dos alunos na construção do primeiro livro de autoria deles, que deve ser publicado sob a forma de uma coletânea ao fim do curso. Toda a formação será ministrada de forma presencial.

As disciplinas oferecidas abrangem áreas diversas da Literatura e da construção narrativa, englobando também outras manifestações artísticas. A aula magna do projeto ocorre no dia 24 de fevereiro, seguida da inauguração oficial, em 16 de março.

A intenção de Patricia é democratizar o ensino da Escrita Criativa no Recife, dando oportunidade de uma formação de alto nível para jovens talentos da escrita com potencial de se tornarem autores, editores e profissionais da área. O projeto também tem o objetivo de dar visibilidade a esses novos autores, com a publicação dos trabalhos desenvolvidos ao longo do curso sob a forma de uma coletânea, a ser publicada ao fim da etapa formativa.

“A ideia do projeto surgiu quando comecei a escrever, há 20 anos. O apoio e a orientação de outros autores no início da carreira foram fundamentais para o desenvolvimento das minhas próprias habilidades e para o impulsionamento da minha trajetória. Hoje já tenho 30 livros publicados e quero replicar esse suporte para os 20 escritores em formação que serão assistidos pelo EEC Social”, afirma Patrícia.

Compartilhe :
Twitter
LinkedIn
Facebook
WhatsApp
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE

Autora pernambucana lança projeto social para ensinar gratuitamente escrita criativa